INTERNOS DO CONJUNTO PENAL DE ITABUNA ASSINAM CONTRATO COM A FICC

Demais internas assistem atentas as apresentações Foto Ascom FiccDemais internas assistem atentas as apresentações O presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), professor Roberto José da Silva, esteve nesta quinta-feira, 13, no Conjunto Penal de Itabuna, para assistir uma apresentação teatral (da ala feminina) e assinar em ato solene os primeiros contratos entre a fundação e internos, que foram capacitados por professores da Fundação e participarão como "monitores" do Programa de Agentes Culturais. Dessa forma, cada um, receberá uma bolsa auxílio no valor de R$400.

Para que o projeto fosse viabilizado, a FICC assinou um convênio com a Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Estado da Bahia. Neste início, seis detentos serão beneficiados com o pagamento da bolsa auxílio, mas Roberto José indica que, ao longo do projeto o número de beneficiados será ampliado.

.

Para além do pagamento das bolsas, os participantes do projeto ainda terão outros benefícios: a cada três dias de trabalho, os internos terão um dia reduzido em suas penas. Os presidiários foram exigidos, no entanto, em termos de histórico de bom comportamento e competências básicas na área de Arte e Cultura.

O Conjunto Penal de Itabuna possui atualmente 1.200 internos aproximadamente. Desses, o programa beneficiará os seis primeiros que já foramInternas mostram suas habilidades artísticas Foto Ascom FiccInternas mostram suas habilidades artísticas selecionados. Outros quatro foram classificados como "suplentes". Pelo convênio, os monitores darão cursos de Flauta, Violão, Artesanato, Canto & Coral e Cinema. O valor das bolsas auxílios pagas pela FICC é revertido diretamente às famílias dos internos. Além disso, aqueles que participarem, como aprendizes, das oficinas de Artesanato, por exemplo, terão a chance de terem seus produtos expostos em eventos culturais e mesmo de vendê-los.

Roberto José afirma que essa é uma das muitas ações previstas no Programa "Cidade de Paz" e que se sente feliz com a forma com que o Programa Agentes Culturais valoriza as potencialidades dos internos. "Antes, tínhamos dificuldades para desenvolver projetos dentro de uma Área de Segurança, principalmente pela questão da acessibilidade. Com esse projeto, a gente explora os conhecimentos dos próprios internos, que já estão lá dentro e os transforma em multiplicadores", explicou o presidente.

Apresentação teatral na ala feminina Foto Ascom FiccApresentação teatral na ala feminina

  • Criado em .
© Copyright 2012/2017 FICC
Todos os direitos reservados.

Praça Laura Conceição, 339
Centro - Itabuna/BA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(73) 3613-4915

Receba todas as informações da FICC em seu emails.
Cadastre seu email no formulário ao lado.

Newsletter

© Copyright 2012/2017 FICC
Todos os direitos reservados.
Praça Laura Conceição, 339, Centro
Itabuna/BA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(73) 3613-4915
X

Right Click

No right click