Projeto Letras que Voam participa de encontro Nacional de Leitura Inclusiva

A Fundação Regina Cunha em parceria com a Fundação Dorina Nowill, realizou na última terça-feira (6), no auditório do Hospital de Olhos DayHorc, um encontro de leitura inclusiva que reuniu professores, psicólogos e representantes de organizações não- governamentais.

Projeto Letras que Voam participa de encontro Nacional de Leitura Inclusiva
Projeto Letras que Voam participa de encontro Nacional de Leitura Inclusiva

A Fundação Regina Cunha em parceria com a Fundação Dorina Nowill, realizou na última terça-feira (6), no auditório do Hospital de Olhos DayHorc, um encontro de leitura inclusiva que reuniu professores, psicólogos e representantes de organizações não- governamentais.

A proposta faz parte da Rede Nacional de Leitura Inclusiva, mobilizada pela Fundação Dorina Nowill em todo o país. O encontro teve como finalidade estabelecer Grupos de Trabalhos (GTS) que estimulem e elaborem projetos e planos de ações em redes.

Projeto Letras que Voam participa de encontro Nacional de Leitura Inclusiva
Projeto Letras que Voam participa de encontro Nacional de Leitura Inclusiva

Projeto Letras que Voam participa de encontro Nacional de Leitura Inclusiva
Projeto Letras que Voam participa de encontro Nacional de Leitura Inclusiva

Segundo Angelita Garcia, representante da Fundação Dorina Nowill, “o trabalho em redes possibilita o envolvimento de mais pessoas, além de divulgar as atividades direcionadas à inclusão social pela leitura”. Ela ressalta ainda que “trabalhar com inclusão em rede permite agregar pessoas que são excluídas ou que nem existem por um grupo de poder”. 

Para a coordenadora do projeto Letras que Voam da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), Genny Xavier, “a oportunidade de participar de um projeto dessa natureza, possibilita o exercício da cidadania, desde quando o acesso à leitura, em suas múltiplas possibilidades, é um direito de todos”, ressaltou. 

A equipe do Letras que Voam vislumbra a oportunidade de introduzir de forma mais efetiva o trabalho de leitura inclusiva no GT Bahia-Itabuna em um espaço especial durante a IV Feira Literária de Itabuna (FELITA). 

Fundação Regina Cunha 

A Fundação Regina Cunha (FURC) completa 30 anos em 2017. A FURC tem seus trabalhos voltados para a reabilitação de cegos e presta assistência especializada para pessoas com deficiência visual por meio de recursos terapêuticos, tecnológicos e educacionais que envolvam a família. 

Já a Fundação Dorina Nowill tem 71 anos dedicados à inclusão social de pessoas com deficiência visual com produção de livros em braile, áudio-livros e digitalizados, acessíveis para o público de 2.500 escolas além de bibliotecas e organizações em todo Brasil.

  • Criado em .
© Copyright 2012/2017 FICC
Todos os direitos reservados.

Praça Laura Conceição, 339
Centro - Itabuna/BA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(73) 3613-4915

Receba todas as informações da FICC em seu emails.
Cadastre seu email no formulário ao lado.

Newsletter

© Copyright 2012/2017 FICC
Todos os direitos reservados.
Praça Laura Conceição, 339, Centro
Itabuna/BA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(73) 3613-4915