FICC apoia

  • Criado em .

A segunda noite de atividades (quinta-feira, 22) da Feira Literária de Itabuna (FELITA), realizada pela Prefeitura de Itabuna, através da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), contou com momentos especiais. Um deles, como já é de praxe na programação da feira, é a homenagem que se faz à vida e obra do escritor grapiúna Jorge Amado, um dos nomes mais aclamados da literatura brasileira moderna.

Bate papo teve participação da plateia
Bate papo teve participação da plateia

À frente da homenagem, estiveram o escritor André Rosa e o jornalista e escritor Daniel Thame, que conduziram com maestria a estreia dos trabalhos no espaço “Palavras por Palavras”, com a palestra “Uma Prosa Sobre a Obra de Jorge Amado”, com a mediação de Gustavo Felicíssimo.

Para Daniel Thame, “esta é a segunda vez que a FELITA cumpre seu papel de provocar um passeio sobre a obra do escritor grapiúna Jorge Amado. Amado por uns, mal compreendido por outros, mas filho de Itabuna e reconhecidamente um dos escritores mais brilhantes que o Brasil já teve. Isso ninguém muda! E um evento literário feito para promover os escritores regionais, deve assimilar seus expoentes mais genuínos”. E complementa: “Às vezes, as pessoas não compreendem que ‘o menino grapiúna’ cresceu e precisava sobrepujar sua cidade natal para dar vazão à sua capacidade criativa. Foi desse jeito que Jorge deixou Itabuna ainda criança e foi morar em Ilhéus”, explicou.

Gustavo Felicíssimo André Rosa e Daniel Thame
Gustavo Felicíssimo André Rosa e Daniel Thame

O professor Roberto José da Silva, presidente da FICC, disse que discutir Jorge Amado numa feira literária realizada em Itabuna provoca um paradoxo inevitável: “Pasmem que Itabuna, hoje, ao mesmo tempo em que é elogiada por ter a FELITA, é também criticada, pois nos grandes cenários culturais brasileiros, não se compreende os motivos pelos quais uma região tão rica literariamente ainda não tinha feito um evento com o ímpeto de incentivar a literatura. Na terra de Jorge, demorou-se muito tempo para se compreender a necessidade de se realizar a FELITA. Demoramos, mas finalmente, com muita sensibilidade, com muito afinco e com a justiça de sempre, colocamos a segunda edição da FELITA, uma festa literária, feita por pessoas de Itabuna para as pessoas de Itabuna, a disposição do grande público, homenageando Jorge Amado, Adonias Filho e todos os escritores regionais que temos na cidade e na região”, explicou o presidente.

.
  • Criado em .

Por determinação do prefeito Claudevane Leite, foi iniciada neste sábado, 28, a reforma física da custódia para o adolescente infrator no complexo policial de Itabuna. Equipes da FICC, Sedur e Emasa executam o serviço que inclui reboco, pintura interna e externa, reparo e troca de instalações elétricas, substituição de canos, desentupimentos dos vasos sanitários e solda dos portões. Novos colchões serão doados pelo Rotary Club de Itabuna. A segunda etapa será a reforma do plantão da polícia civil, com revisão elétrica, hidráulica, telhado, portas e janelas e pintura interna e externa, prevista para ser iniciada na quarta-feira, 4

A previsão de entregar o imóvel é terça-feira

A previsão de entregar o imóvel é terça-feira

As ações fazem parte de um conjunto de propostas discutidas e aprovadas na última semana em reunião convocada pelo prefeito com autoridades da segurança pública, do judiciário, Ministério Público, Câmara de Vereadores e representantes de entidades civis, com o objetivo de enfrentar e reduzir os índices de violência na cidade.

Limpeza e lavagem geral do imóvel
Limpeza e lavagem geral do imóvel

De acordo com Sulivan Sales, diretor de Logística da FICC, a meta é entregar o imóvel recuperado no inicio da semana, em plena condição de uso. O diretor indica que uma equipe de oito pessoas está durante todo o final de semana empenhado em terminar o serviço por entender a gravidade da situação. "Temos que fazer o serviço com rapidez, mas não podemos deixar de lado a qualidade. A equipe está atuando com rapidez, mas com todo cuidado para que saia tudo bem feito", garantiu.

Reboco das paredes internas e externas
Reboco das paredes internas e externas

A Custódia foi fechada no ano passado por determinação do juiz titular da vara da infância e do adolescente de Itabuna Marcos Bandeira, que em visita ao local constatou diversos problemas como insalubridade e higienização. Segundo o magistrado, na época não havia cama e nem colchão e os adolescentes dormiam no cimento armado.

Pintura na área externa
Pintura na área externa
_______________________________________

Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania

Assessoria de Comunicação (ASCOM)

 

.
  • Criado em .

A Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania - FICC orgulha-se de ver o resultado do seu empenho no brilho nos olhos e satisfação nas palavras de Watson e Jadson depois de um ano na cidade de Joinville. Isso prova que o estímulo ao protagonismo juvenil mais que um discurso é uma prática cotidiana da fundação. O presidente da FICC Roberto José deu as boas vindas aos meninos Watson e Jadson que tão bem representaram nossa cidade na Escola do Teatro Bolshoi.

12a27932 27c7 4a9d 9d3b de0259a4dbc9

Roberto José disse que, como gestor, se orgulha de ver a eficiência e a resolutividade da equipe da fundação e como homem, se orgulha de ver dois meninos provando que todo esforço tem valido a pena. “Os desafios são justificados quando no final o resultado é este: nossos jovens longe da violência, brilhando nos palcos da vida”, comemorou Roberto José.

76e94c8f 4c32 4ad4 8148 8e4ffdab4861

 

ce28e218 bcc3 4dca 93ca 1f4c695cc4de

  • Criado em .
 .
  • Criado em .

O diretor de teatro Marquinhos Nô iniciou, na segunda (9), os ensaios para a encenação de espetáculo "Paixão de Cristo", previamente marcado para acontecer no dia 3 de abril de 2015, no Estádio Luiz Viana Filho, em Itabuna. Os ensaios acontecem todas as semanas, de terça a sexta, no Teatro Zelia Lessa. O elenco já tem 60 nomes confirmados.

Desde 2014, a Prefeitura de Itabuna confirmou, através da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), a apresentação da "Paixão de Cristo" como um dos principais eventos do calendário cultural e turístico de Itabuna. Também em 2015, a encenação conta com investimentos diretos da FICC.

Equipes da FICC e da Secretaria de Esportes de Itabuna articulam a segunda encenação da Paixão de Cristo no Itabunão - Foto Eric Souza
Equipes da FICC e da Secretaria de Esportes de Itabuna articulam a segunda encenação da Paixão de Cristo no Itabunão - Foto Eric Souza

Neste ano, as novidades ficarão por conta de todo um conjunto de efeitos especiais a serem elaborados na montagem do cenário, baseado em telões gigantes de projeção de imagens do tipo "high digital". O presidente da FICC, professor Roberto José da Silva, garantiu também uma estrutura melhor para os expectadores. "Os contratos feitos pela FICC garantirão, por exemplo, a inclusão, no estádio, de equipamentos com uma iluminação melhor, sonorização melhor e sanitários químicos", disse Roberto.

No primeiro dia de ensaio o diretor Marquinhos Nô indica os personagens de cada ator e norteia as diretrizes para os primeiros dias de ensaio - Foto Eric Souza
No primeiro dia de ensaio o diretor Marquinhos Nô indica os personagens de cada ator e norteia as diretrizes para os primeiros dias de ensaio - Foto Eric Souza

O presidente da FICC esteve no estádio no dia 10 de fevereiro (terça-feira) e conversou com o secretário de Esportes e Recreação, Evans Maxwell. Juntos, eles avaliaram as possibilidades de estrutura do local, aprovado pelo público na encenação feita em 2014.

O nome do ator Alex Francis, o mesmo que interpretou Jesus Cristo no ano passado, também está confirmado. Segundo Francis, "na medida em que os ensaios se iniciam, o friozinho na barriga começa a acontecer e aumenta com a proximidade do dia da apresentação".

O ator Alex Francis diz que a emoção se renova a cada nova montagem do espetáculo mais esperado do ano - Foto Eric Souza
O ator Alex Francis diz que a emoção se renova a cada nova montagem do espetáculo mais esperado do ano - Foto Eric Souza

O diretor de Teatro Marquinhos Nô está bastante animado com o início dos trabalhos. "Temos um grupo coeso, alguns atores novos integram o elenco deste ano, mas, no geral, a harmonia é a mesma de sempre. Claro que temos alguns probleminhas aqui e ali, mas isso a gente contorna e, no final, a emoção do resultado nos encoraja para que o projeto seja articulado da melhor maneira possível. O apoio da FICC, claro, é de fundamental importância, sem o qual posso dizer que seria impossível montar um espetáculo deste porte nos moldes como montamos".

A expectativa dos gestores da FICC é a de que a "Paixão de Cristo" deste ano atinja o público de 10 mil pessoas. A apresentação terá entrada franca.

___________________________________________
Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC).
Assessoria de Comunicação (ASCOM).
Texto e Fotos: Eric Thadeu Nascimento Souza.

.
  • Criado em .
© Copyright 2012/2017 FICC
Todos os direitos reservados.

Praça Laura Conceição, 339
Centro - Itabuna/BA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(73) 3613-4915

Receba todas as informações da FICC em seu emails.
Cadastre seu email no formulário ao lado.

Newsletter

© Copyright 2012/2017 FICC
Todos os direitos reservados.
Praça Laura Conceição, 339, Centro
Itabuna/BA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(73) 3613-4915