ABERTURA DO CEU LEVA ESPORTE, ARTE E CIDADANIA PARA A URBIS IV

A Prefeitura de Itabuna realizou, na quarta-feira (17/12), no bairro Urbis IV, a cerimônia de abertura e entrega definitiva do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) daquele bairro. O equipamento possui áreas de lazer, recreação, pista de skate, um centro de referência em Assistência Social, um telecentro digital com 12 computadores com acesso à Internet banda larga, além de quadra poliesportiva, uma biblioteca e um cineteatro com capacidade para 180 pessoas. O evento de abertura e entrega contou com as presenças do chefe regional do Ministério da Cultura (Minc) para a Bahia e Sergipe, Luiz Henrique Santos Oliveira Sena, representando a então ministra interina da Cultura, Ana Cristina da Cunha Wanzeler; do prefeito de Itabuna, Claudevane Moreira Leite; do vice-prefeito Wenceslau Augusto Junior; do presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), Roberto José da Silva; do secretário municipal do secretário de Esporte e Recreação, Ewans Maxwell e do secretário de Assistência Social, José Carlos Trindade.

O presidente da FICC, Roberto José da Silva, disse, na oportunidade, que o Centro de Artes e Esportes Unificados é um espaço priviliegiado, através do qual será evidenciado a todo o momento o protagonismo juvenil, “visando a redução das vulnerabilidades que, por tabela, reduzirão os índices de violência de nossa cidade”. Roberto José disse ainda que “esse não é o único instrumento de redução de vulnerabilidades que nós temos em nossa cidade. Temos o Viv-à-rte, envolvendo mais de 5 mil pessoas ali incluídas e a Casa das Artes no Centro da cidade, com mais de 2 mil pessoas atendidas”.

Autoridades municipais descerram placa - Foto Ricky Mascarenhas
Autoridades municipais descerram placa - Foto Ricky Mascarenhas

O prefeito de Itabuna, Claudevane Moreira Leite disse que “a abertura definitiva do CEU da Urbis IV foi um esforço muito grande não só do governo municipal, mas, sobretudo, do governo federal”, evidenciando que o próprio nome (“CEU”) é muito sugestivo, uma vez que muitas atividades culturais, artísticas, esportivas e recreativas serão ali realizadas.

O prefeito Claudevane Moreira Leite disse que gestão cultural de Itabuna é vencedora por conseguir grandes resultados em meio às inúmeras dificuldades - Foto Eric Souza
O prefeito Claudevane Moreira Leite disse que a gestão cultural de Itabuna é vencedora por conseguir grandes resultados em meio às inúmeras dificuldades - Foto Eric Souza

O chefe regional do Ministério da Cultural para a Bahia e Sergipe fez a leitura de uma carta enviada pela ministra interina, Ana Cristina da Cunha Wanzeler, em exercício no mês de dezembro. Pela carta, a ministra externou sua felicidade em inaugurar o segundo Centro de Artes e Esportes Unificados da Bahia: “É uma grande satisfação inaugurar um CEU em Itabuna. Acompanho de muito perto a inauguração dos CEU’s pelo Brasil. Nós apostamos firmemente no potencial que têm de fazerem a diferença na vida das pessoas. Por isso, o Minc está construindo 340 espaços como este de Itabuna, em todas as regiões do país, em aproximadamente 280 cidades do interior do Brasil”. Para a ministra, “os CEU’s são um espaço de descobertas de talentos para as artes. Quantas pessoas com uma enorme aptidão para as artes muitas vezes acabam não desenvolvendo seus talentos por falta de oportunidades?”, questionou.

Integrantes do Grupo de Capoeira Raça não deixou faltar o som do berimbau na abertura do segundo CEU da Bahia - Foto Eric Souza
Integrantes do Grupo de Capoeira Raça não deixou faltar o som do berimbau na abertura do segundo CEU da Bahia - Foto Eric Souza

A cerimônia de abertura contou ainda com a apresentação do saxofonista Vanderlei Arcanjo, que executou grandes composições da música popular brasileira. O grupo de capoeira Raça também se apresentou. Quadros pintados pelo artista plástico Geilton Conceição foram expostos no foyer do cineteatro e o público foi presenteado com degustação de acarajé e pipoca, distribuídos gratuitamente.

Na cerimônia não faltou distribuição de acarajé e pipoca para quem quis - Foto Ricky Mascarenhas
Na cerimônia não faltou distribuição de acarajé e pipoca para quem quis - Foto Ricky Mascarenhas

O poeta e ator Antônio Oliveira, morador do bairro e membro do Colegiado Setorial de Cultura do Estado da Bahia, disse que “a conquista desse espaço foi fruto de muito trabalho. O governo anterior passou um ano com a ordem de serviço em mão e não deu continuidade e em 2013 teve a mudança de governo e aí conversamos com o prefeito para que ele não deixasse escapar essa oportunidade. O prefeito abraçou a causa e hoje, com a força coletiva, tivemos esse resultado”.

O presidente da FICC enumera o CEU e todos os outros projetos que protegem as crianças e os jovens de Itabuna - Foto Eric Souza
O presidente da FICC enumera o CEU e todos os outros projetos que protegem as crianças e os jovens de Itabuna - Foto Eric Souza

Desde o dia 17 de dezembro, o CEU está funcionando diariamente, sempre das 8h às 21h, com vários serviços e projetos acessíveis para a população não só da Urbis IV, mas também do Lomanto, Maria Matos, Morumbi, Nova Itabuna, Campo Formoso, Sinval Palmeira, Jorge Amado, Ferradas e Nova Ferradas.

O saxofonista Vanderlei Arcanjo trouxe uma seleção instrumental com grandes composições da MPB - Foto Eric Souza
O saxofonista Vanderlei Arcanjo trouxe uma seleção instrumental com grandes composições da MPB - Foto Eric Souza

Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC).
Assessoria de Comunicação (ASCOM).
Texto: Eric Thadeu Nascimento Souza.

.
  • Criado em .
© Copyright 2012/2017 FICC
Todos os direitos reservados.

Praça Laura Conceição, 339
Centro - Itabuna/BA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(73) 3613-4915

Receba todas as informações da FICC em seu emails.
Cadastre seu email no formulário ao lado.

Newsletter

© Copyright 2012/2017 FICC
Todos os direitos reservados.
Praça Laura Conceição, 339, Centro
Itabuna/BA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(73) 3613-4915