VIV-À-RTE: FICC REALIZA PRIMEIRO ENCONTRO DE PAIS, ALUNOS E MÃE SOCIAL

Gestores da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania – FICC e os integrantes da equipe coordenadora do programa "Viv-à-rte", atualmente vinculado à fundação, realizaram na ultima quinta-feira (15), a primeira reunião de 2015 com os pais e alunos aprovados na seletiva Bolshoi realizada em Itabuna, no ano passado.

A aluna Lauane Batista do programa Viv-à-rte é a primeira aluna itabunense selecionada para participar de projeto no Bolshoi - Foto Villiane Reis
A aluna Lauane Batista do programa Viv-à-rte é a primeira aluna itabunense selecionada para participar de projeto no Bolshoi - Foto Villiane Reis

O evento contou com a presença da "Mãe Social" Antônia Santos. A "Mãe Social" é uma pessoa especialmente contratada para cuidar dos estudantes que se hospedarão na "Casa Social", em Joinville / SC. A disponibilidade do imóvel para estudantes de Itabuna se deu numa pactuação firmada entre o programa "Viv-à-rte" e uma escola de ballet do município de Valença, que tradicionalmente já vem mantendo alunos em Joinville.

Antônia explicou que o desejo de se tornar "Mãe Social" surgiu das visitas feitas à sobrinha, que também é aluna da Escola Teatro Bolshoi. Para ela, "a oportunidade a ela apresentada foi somada a vontade que sempre teve de ajudar esses adolescentes, que ficam longe de casa em busca de um sonho".

O presidente da FICC professor Roberto José recepciona alunos e pais de alunos que seguirão para Joinville - FotoVilliane Reis
O presidente da FICC professor Roberto José recepciona alunos e pais de alunos que seguirão para Joinville - FotoVilliane Reis

Pedro Seara, itabunense que há cinco anos estuda no Bolshoi, relata que "estar lá é algo incrível". E ainda aconselha: "É bom que todos os que seguirão cheguem lá e se dediquem bastante. Agarrem essa oportunidade, superando todas as dificuldades, pois é uma experiência única e as oportunidades são diversas".

Durante as falas, percebeu-se também o clima de ansiedade presente entres pais e alunos. Falou-se da vontade de todos de realizarem os seus sonhos e da coragem que precisarão ter para que os desafios sejam superados, entre os quais estarão, obviamente, a imensa saudade que todos sentirão de suas famílias. Pedro Pires, outro itabunense que estuda no Bolshoi desde 2011, compartilhou com os novos colegas que sua maior dificuldade foi ficar longe dos pais: "Sair de casa e ir morar em um lugar novo onde tudo é diferente foi o meu maior desafio e, apesar de estar com outras pessoas você se sente meio que sozinho. Minha motivação é a dança, é o que eu amo fazer!" disse Pedro.

Entre alunos do Viv-à-rte e de outros projetos sociais de Itabuna, ao todo a FICC estará apoiando diretamente a permanência de 5 estudantes no Sul do país. As aulas no Bolshoi se iniciarão no dia 9 de fevereiro.

___________________________________________

Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC)

Assessoria de Comunicação (ASCOM)

Villiane Reis

.
  • Criado em .
© Copyright 2012/2017 FICC
Todos os direitos reservados.

Praça Laura Conceição, 339
Centro - Itabuna/BA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(73) 3613-4915

Receba todas as informações da FICC em seu emails.
Cadastre seu email no formulário ao lado.

Newsletter

© Copyright 2012/2017 FICC
Todos os direitos reservados.
Praça Laura Conceição, 339, Centro
Itabuna/BA
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(73) 3613-4915